Brasil perdeu 13,7 milhões de linhas de celular em 2016

De acordo com dados divulgados pela Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações na última quinta-feira (19/01), o Brasil encerrou 2016 com uma perda de 13,7 milhões de linhas de telefonia móvel. Isso representou um recuo de dois dígitos na base da Oi, operadora já em recuperação judicial e quedas menos intensas no conjunto de acessos das rivais Claro e TIM, as informações são do portal UOL.
Especialistas do setor, segundo apurou o portal G1,  creditam a redução das linhas móveis à crise econômica e à queda na tarifa de interconexão que reduziu o valor da ligação entre operadoras diferentes acabando com o chamado “efeito clube”. Com a ligação mais barata, os consumidores pararam de ter vários chips.
Avalie este post!