Efeito WhatsApp: número de linhas móveis encolhe 10,18% em 1 ano

Segundo publicação de Bruno do Amaral publicada no portal Mobile Time, “A base brasileira de serviço móvel pessoal (SMP) voltou a cair em maio, o terceiro mês consecutivo de queda, segundo dados da Anatel divulgados nesta sexta-feira, 15. No total, o País contava com 255,231 milhões de linhas móveis, 0,47% a menos do que em abril. No acumulado de 12 meses, já é um encolhimento de 10,18% no mercado. Desconsiderando o período de janeiro a fevereiro deste ano, quando houve um leve crescimento de 0,32%, o mercado brasileiro completaria exatos dois anos de queda contínua.”.

 

De acordo com reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, este fenômeno não deve ser atribuído à crise econômica. Trata-se de um resultado do chamado “efeito WhatsApp”. O artigo explicou a situação: “Para analistas, a queda no número de linhas ativas é reflexo de uma mudança no comportamento dos consumidores: eles estão deixando de fazer ligações para usar aplicativos de mensagens instantâneas como o WhatsApp. “O uso dos aplicativos de mensagens fez o brasileiro abandonar os serviços de voz”, diz o presidente da consultoria Teleco, Eduardo Tude. As operadoras reconhecem o impacto desses serviços em seus negócios. “Através desses serviços, pouco importa a operadora que a pessoa usa”, diz o diretor de varejo da Oi, Bernardo Winik.”

Avalie este post!